Filmes



2020 2018

abertura competitiva nacional competitiva internacional lute como uma mulher o fogo que não se apaga homenagem encerramento

A MOÇA DO CALENDÁRIO

Helena Ignez

O filme conta a história de Inácio, 40 anos, casado, sem emprego fixo. Ex-gari, Inácio trabalha como dublê de dançarino e mecânico da oficina Barato da Pesada, onde sonha com a Moça do Calendário. No filme, o real e o sonho se entrelaçam.

2017 | 86 min | 14 | Brasil

AMOR MALDITO

adélia sampaio

Primeiro longa brasileiro dirigido por uma mulher negra, o filme narra a história trágica de amor entre duas mulheres: Fernanda, uma executiva, e Sueli, uma ex-miss, filha de uma família evangélica e opressora, que comete suicídio. Tornada ré pela morte da ex-companheira, Fernanda é julgada por uma corte preconceituosa e cruel.

1984 | 76 min | 16 | Brasil

BARONESA

juliana antunes

Andreia quer se mudar. Leid espera pelo marido preso. Vizinhas em um bairro na periferia de Belo Horizonte, elas tentam se desviar dos perigos de uma guerra do tráfico e evitar as tragédias trazidas junto com a chuva.

2017 | 70 min | 16 | Brasil

CHEGA DE FIU FIU

amanda kamanchek, fernanda frazão

As cidades foram feitas para as mulheres? O filme narra a história de Raquel, Rosa e Teresa, moradoras de três cidades brasileiras, que, por meio de ativismo, arte e poesia resistem e propõem novas formas de (con)viver no espaço público.

2018 | 74 min | 14 | Brasil

COLO

teresa villaverde

Em Portugal, a rotina diária de pai, mãe e filha é absorvida pelos efeitos da crise econômica. A mãe se desdobra em dois empregos para pagar as contas, pois seu marido está desempregado. A filha adolescente guarda seus próprios segredos e tenta manter sua rotina diária apesar da falta de dinheiro. Para escapar dessa realidade comum, eles se tornam, lentamente, estranhos uns aos outros, enquanto a tensão se transforma em silêncio e culpa.

2017 | 136 min | 14 | Portugal, França

COMO É CRUEL VIVER ASSIM

julia rezende

Solitários, frustrados e incapazes de realizar qualquer coisa que dê sentido às suas vidas, Vladimir, Clivia, Regina e Primo armam um plano absurdo: sequestrar um milionário. Mas não têm nenhuma experiência com crimes nem noção do que essa operação pode envolver. Enquanto tomam as providências práticas, revelam-se seus medos e ambições.

2017 | 102 min | 12 | Brasil

DESARQUIVANDO ALICE GONZAGA

betse de paula

O documentário revisita uma parte importante da história do cinema brasileiro através da vida e da obra de Alice Gonzaga, filha de Adhemar Gonzaga, cineasta sonhador que, em 1930, fundou a Cinédia, primeiro estúdio de cinema no Brasil. Junto com Alice, o precioso arquivo da Cinédia é revelado e conheceremos as histórias de Gonzaga e suas apostas cinematográficas. Aos 82 anos, Alice mantém vivo o legado de seu pai. Ela tem muita história para contar, pois o cinema faz parte de sua vida desde que nasceu.

2017 | 88 min | Livre | Brasil

DIÁRIO DA MINHA CABEÇA

ursula meier

Poucos minutos antes de atirar em seus pais a sangue-frio, Benjamin Feller (Kacey Mottet Klein), um rapaz de 18 anos, aparentemente calmo, envia pelo correio um diário em que confessa e explica o duplo assassinato para Esther Fontanel (Fanny Ardant), sua professora de literatura. A associação dessa mulher ao ato de Benjamin acontece alguns meses após ela incentivar os alunos a escrever um diário. Esther se encontra interrogada pela lei, mas logo ela confrontada por suas próprias dúvidas. E se o gosto dela por uma literatura assombrada pelos tormentos da alma humana a deixasse cega diante da angústia de seu pupilo e do que estava escondido por trás da prosa febril que ele a fez ler antes do crime?

2017 | 70 min | 16 | Suíça

ENTÃO MORRI

bia lessa, dany roland

A vida de uma mulher, do nascimento até a morte. O personagem foi vivido por diferentes pessoas, de diferentes idades, em diferentes regiões do Brasil, a partir de registros da vida, dos acontecimentos que são comuns a todos os humanos. O mistério do nascimento, as celebrações de nossa cultura, o crescimento e degeneração do corpo, a morte e as questões que envolvem herança de conhecimento.

2016 | 89 min | 14 | Brasil

ERA O HOTEL CAMBRIDGE

eliane caffé

O filme narra a trajetória de refugiados recém chegados ao Brasil que, junto com trabalhadores sem-teto, ocupam um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Em meio à tensão diária da ameaça do despejo, revelam-se dramas, situações cômicas e diferentes visões de mundo.

2016 | 93 min | 12 | Brasil

ESPLENDOR

naomi kawase

Misako é uma escritora apaixonada de versões cinematográficas para deficientes visuais. Em uma exibição, ela conhece Masaya, um fotógrafo mais velho que está perdendo lentamente sua visão. Misako logo descobre as fotografias de Masaya, que estranhamente trará de volta o seu passado. Juntos, eles aprenderão a ver o mundo radiante que era invisível para seus olhos.

2017 | 103 min | 12 | Japão, França

EXILADOS DO VULCÃO

paula gaitán

Ela conseguiu salvar do incêndio uma pilha de fotografias e um diário com frases escritas à mão. Estas palavras e rostos são os únicos rastros deixados pelo homem que ela um dia conheceu e amou. Cruzando montanhas e estradas, ela tenta refazer os passos dele. Os lugares que ela visita carregam pessoas, gestos, lembranças e histórias que, pouco a pouco, se tornam parte de sua vida.

2013 | 125 min | 14 | Brasil

JOVEM MULHER

léonor serraille

Sem dinheiro, dona apenas de um gato e com todas as portas batendo na sua cara, Paula retorna a Paris após uma longa ausência. Repentinamente abandonada pelo namorado, sua odisseia durante o dia e a noite está apenas começando: uma jornada para redescobrir a integridade de sua alma e sua independência. Ela só tem certeza de uma coisa: está determinada a recomeçar novamente e o fará com estilo e carisma.

2017 | 97 min | 14 | França

LAMPIÃO DA ESQUINA

lívia perez

Brasil, 1978. Inspirados no jornal norte-americano Gay Sunshine, jornalistas e escritores do Rio e de São Paulo criam o jornal Lampião, que, em plena ditadura militar, retratava o ponto de vista dos homossexuais sobre diversas questões, inclusive sexualidade. A publicação abriu caminhos para a imprensa da época, abordando temas polêmicos naqueles dias, como racismo, aborto, drogas, ecologia e prostituição.

2016 | 82 min | 16 | Brasil

MATARAM NOSSOS FILHOS

susanna lira

O Brasil é o país que mais mata no mundo, a maioria jovens, que perdem precocemente a chance de viver seus sonhos e desejos. O filme constrói uma narrativa poética acerca da jornada das Mães de Maio, grupo liderado por Débora Silva, que forja para si um novo lugar a partir da tragédia da perda de seus filhos. Eles não vão voltar, mas o que está ao alcance dessas mães é a batalha pela memória e pela justiça, transformando dia a dia o luto em luta, o sofrimento em esperança, a dor em reação.

2016 | 72 min | 12 | Brasil

MEU CORPO É POLÍTICO

alice riff

O filme aborda o cotidiano de quatro militantes LGBTQ que vivem em periferias de São Paulo. A partir da intimidade e do contexto social dos personagens, o documentário levanta questões contemporâneas sobre a população trans e suas disputas políticas.

2017 | 71 min | 12 | Brasil

MEU CORPO, MINHA VIDA

helena solberg

Documentário sobre o aborto no Brasil, um assunto controvertido e explosivo. Nos últimos anos, manifestantes têm ido às ruas, protestando contra as leis que criminalizam o aborto e chamando para a necessidade da abertura de um diálogo. Forças contra o aborto têm insistido na impossibilidade de abrir essa discussão. A favor ou não, um milhão de brasileiras abortam todo ano, a grande maioria em condições deshumanas. Muitas sofrem sequelas ou morrem nas clínicas clandestinas, nas mãos de falsos médicos. O filme personaliza essa história através do caso terrível de Jandyra Magdalena dos Santos, que nos conduzirá dentro desse labirinto de conflitos.

2017 | 75 min | 14 | Brasil

O CHALÉ É UMA ILHA BATIDA DE VENTO E CHUVA

letícia simões

Dalcídio Jurandir nasceu em 1909 e faleceu em 1979. Escreveu 11 livros, dez deles passados no Marajó. Neles, conta a saga de Alfredo, da infância em Cachoeira do Arari aos percalços da vida adulta em Belém, culminando no retorno ao arquipélago. Em 1939, aos 30 anos, recém-saído da prisão por protestar contra a ditadura Varguista, Dalcídio aceita um trabalho que ninguém desejava: percorrer a maior ilha flúvio-marítima do mundo, inspecionando escolas públicas. Nessa viagem, escreve cartas para sua mulher, Guiomarina, e para seu filho com nove meses de idade, Alfredo. Em 2017, a cineasta Letícia Simões viaja ao Marajó em busca dos personagens de Dalcídio.

2017 | 94 min | Livre | Brasil

O DESMONTE DO MONTE

sinai sganzerla

O documentário aborda a história do Morro do Castelo, seu desmonte e arrastamento. Apesar de sua importância histórica e arquitetônica, o Morro do Castelo foi destruído por reformas urbanísticas com o intuito de "higienizar" a cidade do Rio de Janeiro.

2017 | 85 min | 10 | Brasil

PARAÍSO PERDIDO

monique gardenberg

Incapaz de superar a perda da mulher amada, o viúvo José (Erasmo Carlos), patriarca de uma excêntrica família de cantores, abandona a carreira acadêmica e abre a boate Paraíso Perdido. Ali, ao som de clássicos da música popular romântica, ele faz de tudo para garantir a felicidade de seu clã. Unidos por um amor incondicional, José, seus filhos Angelo (Julio Andrade) e Eva (Hermila Guedes), seu filho adotivo Teylor (Seu Jorge) e os netos Celeste (Julia Konrad) e Imã (Jaloo) encontram força para lidar com seus traumas e superar suas perdas. Mas a vida de todos sofre uma reviravolta quando José contrata como segurança de Imã o misterioso Odair (Lee Taylor), um policial que cuida da mãe surda, uma ex-cantora (Malu Galli).

2018 | 110 min | 14 | Brasil

PASTOR CLÁUDIO

beth formaggini

Conversa entre o Bispo evangélico Cláudio Guerra, ex-chefe da polícia civil que assassinou e incinerou militantes que se opunham à ditadura, e Eduardo Passos, psicólogo militante dos direitos humanos.

2017 | 76 min | 16 | Brasil

PRAÇA PARIS

lucia murat

Glória é uma carioca que tenta seguir com sua vida, apesar dos traumas que passou por conta de um pai abusivo e do irmão traficante. Já Camila é uma jovem psicanalista portuguesa que chega ao Brasil com a intenção de pesquisar a violência em um centro terapêutico para uma comunidade carente. Medo, traumas, e obsessão se mesclam em um jogo de prazer e culpa, loucura e sanidade, construção e desconstrução – do Rio de Janeiro urbano, que permeia Camila e Gloria, e, sobretudo, de suas próprias vidas. O relacionamento entre essas duas mulheres completamente diferentes é o foco do filme.

2017 | 110 min | 14 | Brasil, Portugal, Argentina

QUE LINGUA VOCÊ FALA?

elisa bracher

O filme apresenta diversos depoimentos que abordam o enfrentamento e a adaptação a uma nova língua e cultura. Adultos e crianças que migraram e imigraram são entrevistados assim como terapeutas e professores que trabalham para facilitar o processo de adaptação. As entrevistas foram realizadas no Brasil, India e Inglaterra e apontam diferentes aspectos da adaptação em termos de léxico, gramática, sotaque, bem como problemas conceituais. A maioria dos entrevistados migrou de áreas rurais para zonas urbanas. O filme revela que os problemas enfrentados pelos imigrantes em diferentes países são semelhantes aos problemas enfrentados pelos brasileiros que migram em seu próprio país.

2017 | 65 min | Livre | Brasil, Inglaterra, Índia

SLAM: VOZ DE LEVANTE

tatiana lohmann, roberta estrela d’alva

O filme vai para Chicago, NY, Paris e São Paulo e encontra a mesma cena com diferentes faces: os poetry slams, batalhas poéticas performáticas, que se firmam como encontros que instigam a criatividade e o convívio entre diferentes e surgem diante da onda política conservadora mundial como ágoras do livre pensamento e expressão. No Brasil, a poeta Luz Ribeiro vence o campeonato nacional e vai pra Copa do Mundo de Poetry Slam, em Paris, representando a nova vertente negra e feminista que tem se firmado pela virulência de seu verbo politizado.

2017 | 97 min | Livre | Brasil

TESOROS

maría novaro

Jacinta nos conta uma história que começa quando os irmãos Dylan, de 6 anos, Andrea, de 11, e Lucas, de 2 anos e meio, chegam à Barra de Potosí, uma comunidade de pescadores na costa de Guerrero, México. Formam um grupo com as crianças locais, convencidos de que juntos e armados com um tablet, algumas pistas e um mapa, podem encontrar um tesouro escondido na região pelo pirata Francis Drake há quatrocentos anos atrás. Com imagens coloridas e emocionantes, essas crianças, guiadas por sua inteligência e curiosidade, encontram um espaço de liberdade indispensável para descobrir algo muito mais valioso que um cofre de tesouro, levando-nos a um mundo de otimismo, solidariedade e imaginação.

2017 | 96 min | Livre | México

UM CASAMENTO

mônica simões

O documentário fala sobre um matrimônio que aconteceu na década de 1950, em Salvador, Bahia. A narrativa se constrói através do confronto de memórias: a memória subjetiva,composta pelas lembranças da personagem central - a noiva - e pelas lembranças da diretora - filha da noiva - contra a memória concreta representada pelos filmes de arquivo, fotografias, documentos e pela casa da família. A narrativa incorpora como linguagem os efeitos do tempo sobre estes objetos e na própria memória das personagens.

2016 | 80 min | Livre | Brasil

VERGEL

kris niklison

O luto repentino leva uma mulher à beira da loucura. Trâmites funerários, calor e uma vizinha que vem regar as plantas se juntam em um périplo emocional, no qual é impossível distinguir o real do irreal.

2017 | 86 min | 16 | Brasil, Argentina

XICA DA SILVA

carlos diegues

Na segunda metade do século 18,a escrava negra Xica da Silva (Zezé Motta) torna-se o centro das atenções no Distrito Diamantino, onde estão as minas mais ricas do país. João Fernandes (Walmor Chagas), representante da Coroa Portuguesa, apaixona-se por Xica e a transforma na Rainha do Diamante, satisfazendo todos os seus desejos extravagantes. Alertado pelos inimigos do casal, o rei de Portugal manda um emissário a fim de impedir que cresça o poder de Xica na colônia. Após a exibição, será realizado um debate com a atriz Zezé Motta

1976 | 117 min | 16 | Brasil